procura de emprego
Carreiras Novos desafios

Estás à procura de emprego? 7 dicas para encontrar emprego

0 Partilhas

O processo de procura de emprego não é uma tarefa fácil, principalmente nos dias que correm em que as ofertas estão mais limitadas devido ao abrandamento da economia.

Quando precisamos de encontrar um emprego de forma rápida, é essencial mantermo-nos focados no nosso objetivo.

Deixo-te algumas ideias sobre o que fazer para encontrares emprego de forma mais rápida e seres eficiente na tua procura.

Certifica-te que tens o melhor CV possível

Ter um curriculum vitae bem elaborado, objetivo e direcionado é meio caminho andado para se conseguir ser chamado para as entrevistas.

Se ficaste desempregado, revê o teu CV e direciona-o para a área na qual pretendes trabalhar.

Por exemplo, se ficaste desempregado e trabalhavas em vendas e queres mudar de área, procura salientar no teu CV outras experiências que não tenham passado por esse ramo e destacá-las o mais possível para que sejam notadas pelo empregador.

Por outro lado, se queres manter-te na mesma área em que já trabalhavas, evidencia a tua experiência anterior.

Aproveita para te atualizar

Se ficaste desempregado e a tua prioridade é a procura de emprego, mas não estás a consegui-lo com a rapidez pretendida, aproveita as ofertas formativas para desempregados e faz formações gratuitas para te atualizares.

Assim, adquires novos conhecimentos e mostras aos empregadores que te mantiveste ativo enquanto procuravas emprego.

Mostra o teu valor

Caso sejas chamado para uma entrevista e notes que o empregador está indeciso entre ti e outro candidato, podes optar por negociar um período experimental para dar provas do teu valor, em que inclusive o teu empregador poderá indexar uma parte do teu salário aos teus resultados.

Isso pode fazer com que opte por ti por perceber que estás empenhado.

 Aumenta o campo da tua procura

Muitas vezes quando temos necessidade de encontrar rapidamente um emprego não podemos dar-nos ao luxo de limitar a nossa procura apenas à nossa área de formação ou à nossa experiência anterior.

Pode ser necessário estares disposto a aceitar um emprego numa outra área, um emprego a tempo parcial ou por turnos, situações que não seriam a tua primeira escolha em tempos normais.

Envia currículos 

Se não enviares o teu CV, não vais certamente ser chamado para nenhuma oferta ou entrevista.

Não te limites a enviar um currículo e a achar que vais ser contactado de certeza para a entrevista, porque o mais certo é isso não acontecer. 

Se queres ter a certeza que vai surgir alguma oferta, envia o máximo de CV´s que conseguires porque vai aumentar exponencialmente as tuas possibilidades.

Apela aos teus contactos

Se tens uma boa rede de contactos que foste conseguindo através dos teus anos de trabalho, é uma boa hora de te servires dela e o linkedin pode ser uma boa ajuda.

Faz saber aos teus contactos (amigos, conhecidos, antigos colegas de trabalho) que estás à procura de emprego.

Se conhecem o teu trabalho, pode ser que te recomendem para alguma oferta nas suas empresas e te facilitem o processo de procura.

Podes também participar em feiras de emprego e em eventos de networking.

Cria o teu próprio emprego

Por vezes a necessidade aguça o engenho e pode ser uma boa altura para criares o teu próprio negócio.

Não tens de depender dos outros, nem tão pouco de ter um trabalho das 9h às 18h e receber um ordenado no final do mês.

Podes ser um trabalhador independente e oferecer os teus serviços a várias empresas, em vez de te focares num só empregador.

Uma coisa fundamental na procura de emprego é saber onde procurar, por isso deixo-te os 10 melhores sites considerando a minha experiência pessoal em procuras anteriores.

  1. Bolsa de Emprego Público: neste portal vais encontrar ofertas de emprego em várias áreas ligadas à função pública
  • Linkedin: o linkedin é a rede social para os contactos relacionados com as relações profissionais e nesta rede podes também encontrar as vagas disponíveis naquele momento
  • Net-empregos: está há mais de 20 anos no panorama nacional e publica diariamente cerca de 500 novas ofertas nas mais distintas áreas, fazendo desta uma das maiores e melhores plataformas de procura.
  • Indeed: o Indeed está disponível em mais de 50 países e em mais de 28 idiomas.

    É um motor de busca de empregos online, totalmente gratuito e com milhares de ofertas em constante atualização.
  • Michael Page e Hays: estes dois portais são menos conhecidos do público em geral, no entanto, são dois dos melhores exemplos de sites onde encontrar as melhores ofertas de trabalho do mundo.
  • Sites de empresas de trabalho temporário ou parceiros: os sites de empresas de trabalho temporário ou parceiros de trabalho de grandes empresas são também bons locais de procura de emprego e inclusive onde podes deixar o teu CV em formato de candidatura espontânea.

    São exemplo disso a Manpower, a Randstad, a Adecco, a Synergie.
  • Alerta Emprego: O Alerta Emprego agrupa anúncios de emprego através de centenas de ofertas, dentro e fora de Portugal.

    O portal permite uma pesquisa simples, bastando que o utilizador insira localização, função pretendida e área de trabalho nos campos de pesquisa.
  • Jobtide: é uma plataforma gratuita que permite o acesso a diversas vagas de emprego em Portugal e no estrangeiro.

    Basta que preenchas um pequeno formulário e receberás as ofertas mais adequadas ao teu perfil.
  • Expresso Emprego: num só site podes encontrar ofertas de emprego a nível nacional e a nível internacional.

    Apresenta muitos anúncios de outros países da Europa, Angola e Moçambique.
  1. Carreerjet: neste site podes pesquisar emprego por localidade ou até mesmo a nível mundial.

    Além disso, as tuas pesquisas ficarão guardadas para que consigas ter acesso às procuras anteriores.

Agora que já tens as dicas para a procura de emprego, foca-te e vais conseguir!

Boa sorte!

Vê também como fazer uma boa carta de motivação

0 Partilhas